Cadastre-se para receber as novidades da J8

Finalidade

Tipo do imóvel

Cidade

Bairro

Vagas

Dormitórios

Área privativa

Conheça os patrimônios históricos mais icônicos de Curitiba

Com 328 anos de existência, Curitiba coleciona memórias que ultrapassam os séculos e até hoje se mantém vivas em suas ruas, parques e prédios históricos que são capazes de proporcionar uma verdadeira “volta ao passado” em apenas um passeio.

Mas você sabia que além de conservar a memória da cidade, preservar bens culturais e patrimônios históricos também ajuda o desenvolvimento social e a promoção do turismo sustentável? É por isso que hoje, no dia 17 de agosto, se comemora o Dia Nacional do Patrimônio Histórico!

A data foi escolhida em homenagem a Rodrigo Melo Franco de Andrade, o primeiro presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), e um dos maiores responsáveis por sua criação em 1937. 

E é claro que em uma cidade que, entre tantas características, é marcada por suas charmosas ruas do Centro Histórico e pelas construções antigas que hoje se transformam em monumentos, museus e memoriais, não podia faltar para essa data uma lista com alguns dos patrimônios culturais mais icônicos de Curitiba para você visitar e conhecer! Venha conferir: 👇

Teatro Guaíra

Imagem retirada de: http://www.teatroguaira.pr.gov.br/

Um dos maiores e mais importantes teatros da América Latina, o Guaíra foi inaugurado inicialmente em 1884, com o nome de Theatro São Theodoro, o primeiro teatro oficial do Paraná. Depois de diversas mudanças, inclusive sua reinauguração com o nome “Teatro Guayrá” em 1900, o prédio original foi demolido em 1935, sendo reconstruído no modelo atual entre 1952 e 1974. 

Atualmente sua entrada possui um painel frontal em alto relevo do artista curitibano Poty Lazzarotto e seu interior comporta três auditórios, que juntos possuem mais de 2500 lugares. Em resumo, o Guaíra é um ícone de Curitiba que com certeza merece sua visita! 

Ruínas de São Francisco

Imagem retirada de: https://www.gazetadopovo.com.br/haus/estilo-cultura/a-historia-das-ruinas-de-sao-francisco-marco-na-paisagem-de-curitiba/

Localizada na Praça João Cândido, as ruínas de São Francisco são os restos da construção inacabada da Igreja de São Francisco de Paula e estão lá desde 1811, quando a capela-mor e a sacristia ficaram prontas. A obra nunca foi terminada pois em 1860 as pedras que iriam finalizá-la foram usadas para erguer a torre da antiga Matriz. Mas suas ruínas permanecem lá até hoje e podem ser admiradas por quem passa pela praça!

Centro Cultural Solar do Barão

Imagem retirada de: https://arquitetandoestilos.com/solar-do-barao-2/

O prédio que abriga esse centro cultural foi concluído em 1883, tendo sido inicialmente lar do Barão do Serro Azul. Após sua morte, se transformou no Quartel do Exército, em 1894, e ainda serviu de residência para a baronesa Maria José Correia e seus filhos, que moravam em um anexo do Solar construído posteriormente.

Atualmente, o complexo do Solar do Barão, que foi restaurado entre 1980 e 1983, é um centro cultural com espaços para exposições e abriga o Museu da Fotografia, Museu da Gravura, Museu do Cartaz, o Centro de Pesquisa Guido Viaro,  Sala Scabi, Sala Gilda Belczak, ateliês de xilogravura, litogravura e serigrafia, além da primeira Gibiteca do Brasil. Um lugar que vale a pena conhecer não só pelas suas diversas atrações, mas também pela beleza única e histórica dos seus ambientes!

Catedral de Curitiba

Imagem retirada de: https://www.fotografandocuritiba.com.br/2016/09/catedral-basilica-menor-de-nossa.html

Você sabia que a Catedral Basílica Menor de Nossa Senhora da Luz de Curitiba começou a ser construída em 1876 e foi finalizada em 1893? Um dos patrimônios culturais mais importantes da cidade, a catedral possui estilo neogótico e ocupa o mesmo lugar das suas duas sucessoras: a antiga matriz do século 17 e a primeira de todas, construída em 1720.

Além do seu interior exuberante, a catedral é dedicada e abriga a imagem de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, a padroeira de Curitiba. 

Paço da Liberdade

Imagem retirada de: https://clube.gazetadopovo.com.br/noticias/outros/motivos-para-conhecer-o-paco-da-liberdade-em-curitiba/

Restaurado e reinaugurado como “Paço da Liberdade” em 2009, o prédio que hoje é um centro cultural administrado pelo SESC Paraná foi construído entre 1914 e 1916 para ser a sede da Prefeitura de Curitiba, sendo chamado inicialmente de Paço Municipal.

Depois de cumprir essa função até 1969, o Paço passou a ser a sede do Museu Paranaense de 1973 a 2002. Com uma arquitetura eclética repleta de elementos art-nouveau, o prédio foi tombado pelo IPHAN em 1941 e mantém até hoje todas as suas características externas originais!

E aí, ficou com vontade de fazer um tour pelos patrimônios históricos de Curitiba? Vale muito a pena conhecer todos esses de perto e descobrir as histórias que essas construções guardam!

Não deixe também de nos seguir nas nossas redes sociais: Facebook e Instagram

Até a próxima! 😁 

Fontes: Guia Geográfico Curitiba e IPHAN

Publicações Relacionadas

Lifestyle

Descubra o bairro de Curitiba perfeito para você

Estar em um endereço que atenda todas as suas necessidades é um fator essencial para garantir sua qualidade de vida!

Continue Lendo
cachorro camomila

Dicas

Pets e plantas: como manter os dois em harmonia?

Se tem duas coisas que a gente ama ter em casa são plantinhas que trazem a paz da natureza para qualquer ambiente e nossos pets...

Continue Lendo
plantas verdes sob luz do sol

J8 Imóveis

Guia prático para uma casa mais sustentável

Já é senso comum: as mudanças de estações e temperaturas ao longo do ano refletem diretamente no consumo de água e energia elét...

Continue Lendo